Anuncie Aqui - TOPO

Sinjorgran faz manifesto pela cassação dos vereadores suspeitos de corrupção

Por Henrique Mantovan em 18/02/2019 às 13:17:06

A Presidente do Sindicato, Karine Segatto, protocolou o manifesto na Câmara de Dourados. (Foto: Divulgação)

. O manifesto do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Região da Grande Dourados (Sinjorgran) foi protocolado na manhã desta segunda-feira (18), na Câmara de Vereadores de Dourados, alertando sobre a necessidade de instauração de processo de cassação dos vereadores suspeitos do esquema de corrupção investigados pela Operação Cifra Negra. Intitulado "Pelo Bem do Serviço Público", o manifesto repudia o suposto esquema de corrupção e a impunidade, alertando para que a presidência e os demais vereadores da Casa de Leis não sejam coniventes com as acusações de fraudes em licitação. O manifesto foi produzido a partir de debate interno entre os diretores e posteriormente levado para a discussão junto aos filiados durante a assembleia realizada na noite da última sexta-feira, 15 de fevereiro.

Confira a íntegra do manifesto: PELO BEM DO SERVIÇO PÚBLICO  A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Região da Grande Dourados (Sinjorgran) e os filiados presentes na assembleia realizada em 15 de fevereiro, na sede da entidade, vêm a público repudiar o suposto esquema de corrupção na Câmara de Vereadores de Dourados, investigado na Operações Cifra Negra, com suspeita de envolvimento de vereadores, servidores públicos e empresários. Repudiamos também o jogo de poder que vem sendo tramado desde então para que os acusados perpetuem seu domínio dentro da Casa de Leis.

Entrando em seu terceiro mês, entendemos que é hora da Câmara de Vereadores mostrar à sociedade que não é conivente com a corrupção de seus membros e instaurar processo de cassação dos parlamentares denunciados. Assim, o Sinjorgran também levanta a sua voz e se soma aos movimentos e entidades sindicais que cobram providências concretas.

A impunidade é um dos combustíveis dos negócios de fachada e das fraudes em licitação que, infelizmente, não se restringem apenas a este caso. Enquanto os poderosos desviam os escassos recursos públicos, os trabalhadores ficam reféns das péssimas condições em que se encontram principalmente os serviços de saúde e educação e ainda têm no horizonte o direito da aposentadoria sendo vilipendiado.

Até quando noticiaremos essa mesma pauta?  Dourados, 15 de fevereiro de 2019 .

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DA REGIÃO DA GRANDE DOURADOS    

Fonte: Assessoria

Policia Militar