Anuncie Aqui - TOPO

Dupla segue militar por 12 quadras e morre em tetativa de assalto

Por Henrique Mantovan em 15/02/2019 às 10:43:18

. Foram identificados como Bryan do Carmo Coelho da Silva, de 22 anos e João Otávio Alves de Faria, de 18, os jovens mortos durante uma tentativa de assalto por volta das 20h30 de ontem (14/2), na rua Ponta Porã, bairro Santo Amaro em Campo Grande.

De acordo com o Campo Grande News, a dupla teria seguido a vítima, sargento do exército de 42 anos, por 12 quadras antes de anunciar o assalto.

Para a polícia, o militar contou que fechou a farmácia de sua esposa, no bairro Manoel Taveira, por volta das 19h50, levando o dinheiro do caixa, R$ 930 no bolso e indo embora a pé, já que sua casa é próximo ao local, porém uma esquina depois, ele teria percebido que dois homens, em uma moto Biz vermelha, estavam o seguindo, então entrou em uma padaria, comprou pão e continuou o caminho, momento em que os dois passaram por ele por três vezes.

Cerca de 12 quadras depois, entre as ruas presidente Delfin Moreira e a presidente Arthur Bernardes, em um lugar escuro e sem pessoas na rua, a dupla parou a moto atrás do sargento, anunciando o assalto.

"Me da sua carteira e seu celular, vamos, vamos logo, anda, anda, passa a carteira e o celular agora", descreveu o boletim de ocorrência. A vítima relatou ainda que a garupa apontou uma pistola em seu peito, o ameaçando o tempo todo, assim como o condutor permaneceu todo momento com a mão esquerda na cintura, dando a entender que também estaria armado.

Ainda conforme o Campo Grande News, a vítima entregou o celular e ao fazer o sinal de que ia pegar a carteira, sacou sua pistola 9mm e efetuou dois disparos contra eles. O condutor ainda acelerou tentando fugir do local, mas não resistiu e caiu da moto logo em seguida. O Corpo de Bombeiros, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a Polícia Militar foram acionadas. Os dois não resistiram e morreram no local.

O militar completou ainda dizendo que roubos à mão armada em comércio, residência e pedestres é muito comum na região e que um militar foi morto no ano passado durante um assalto. Na ocorrência ainda foi apreendido o celular de um jovem de 19 anos por vilipendio a cadáver, já que filmou o corpo das vítimas.

Fonte: Campo Grande News

Policia Militar